Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Por Lucas dos Santos

A Restauração do sistema já vem ativada e configurada por padrão no Windows, mas você pode ajustá-la para que melhor se adapte às suas necessidades. Confira aqui como utilizar e configurar a Restauração do sistema.

Como funciona a Restauração do sistema

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saberO Windows conta com um valioso recurso chamado Restauração do sistema. Quando um problema ocorre no computador, esse recurso possibilita retornar o seu estado para uma data em que esse problema não ocorria, independentemente da sua causa.

Isso só é possível pois, diariamente, o Windows cria algo chamado “Ponto de restauração”. Um ponto de restauração, nada mais é do que uma cópia de vários arquivos do sistema feita para uma pasta oculta do disco rígido. Arquivos que fazem parte de programas e configurações são copiados para uma pasta chamada System Volume Information exatamente da maneira que estavam no momento em que o ponto de restauração foi criado. Se o usuário precisar realizar uma restauração do sistema, os arquivos da pasta System Volume Information serão copiados de volta para o locais originais, desfazendo qualquer alteração realizada entre a data atual e a data em que o ponto de restauração foi criado. Programas instalados nesse período também são removidos ou revertidos para as suas versões anteriores.

Arquivos monitorados pela Restauração do sistema

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

A pasta System Volume Information

Vimos anteriormente que um ponto de restauração é composto por vários arquivos do sistema. Para que um arquivo faça parte de um ponto de restauração, ele precisa possuir uma das extensões monitoradas pela Restauração do sistema. Se você está curioso para saber quais tipos de arquivo fazem parte de um ponto de restauração, confira a lista completa aqui.

É importante ter em mente que a Restauração do sistema foi criada com o intuito de restaurar apenas os arquivos e configurações importantes para o funcionamento do Windows e dos programas nele instalados. Por essa razão, arquivos pessoais – documentos de texto, fotos, vídeos etc. – não são monitorados e não farão parte do ponto de restauração. Portanto, utilizar a restauração do sistema com o intuito de reverter alterações ou exclusões de arquivos pessoais não terá efeito algum em tipos de arquivo que não estejam listados no link acima. Isso significa que a Restauração do sistema não substitui uma boa ferramenta de backup.

Criando um ponto de restauração

Para que seja possível restaurar o sistema para uma data e/ou um horário específico, é necessário que um ponto de restauração tenha sido criado nesse momento, pois a restauração do sistema depende deles. Por essa razão, de tempos em tempos, o Windows cria pontos de restauração automaticamente. Com isso o usuário sempre terá um ponto de restauração à sua disposição quando precisar. Alguns programas também criam seus próprios pontos de restauração no momento de sua instalação. Dessa forma, caso o programa cause algum problema, o usuário poderá restaurar as alterações feitas apenas por esse programa. O mesmo vale para atualizações do Windows, que também criam pontos de restauração.

Mas você não precisa depender apenas dos pontos de restauração criados pelo sistema ou por programas instalados. Se você pretende efetuar uma alteração importante no sistema, você mesmo poderá criar seu ponto de restauração, a fim de poder reverter os efeitos de tal alteração caso algo dê errado. Para isso, proceda da seguinte maneira:

Abra o menu Iniciar (ou clique com o botão direito do mouse no canto inferior esquerdo da tela, caso utilize o Windows 8), entre em Painel de controle, acesse Sistema e Segurança e selecione o item Sistema.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

No canto superior esquerdo, acesse Proteção do sistema.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Na nova caixa de diálogo que se abrir, clique em Criar.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Dê um nome ao ponto de restauração a ser criado e clique no botão Criar.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Uma mensagem lhe informará de que o ponto de restauração foi criado.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Para restaurar o sistema para um ponto anterior

Se você estiver com algum problema de difícil solução, você poderá retornar o sistema para uma data anterior a que ele ocorria, utilizando um ponto de restauração existente. Confira a seguir como fazer isso.

Siga os passos descritos anteriormente para chegar às configurações da Proteção do sistema e clique em Restauração do sistema.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Na tela que surgir clique em Avançar. Na tela seguinte você deverá escolher um ponto de restauração.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Os pontos de restauração são listados juntamente com a data em que eles foram criados, descrição, e informação sobre como eles foram criados (manualmente, pelo sistema ou via instalação de programas). Verifique, pela data, qual deles foi criado antes do problema surgir e selecione-o. Se o ponto de restauração desejado não estiver na lista, marque a opção Mostrar mais pontos de restauração.

Esteja ciente de que todos os programas e drivers que você instalou entre a data atual e a data do ponto de restauração serão removidos. Por isso é importante clicar no botão Procurar programas afetados para já saber de antemão o que você precisará reinstalar depois.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Note que há duas listas de programas. A primeira mostra quais serão removidos. Já a segunda, mostra quais dos programas removidos entre a data atual e a data do ponto de restauração serão reinstalados. Nessa segunda lista também constarão os programas que serão revertidos para a versão anteriormente instalada.

Escolhido o ponto de restauração a ser utilizado, clique em Avançar. Uma janela de configuração será exibida com todos os detalhes a respeito da restauração. Confira se está tudo certo, clique em Concluir e depois em Sim.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Aguarde até que a restauração seja concluída. O computador será reiniciado ao término da operação.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Desfazendo uma restauração

Restaurações do sistema realizadas a partir do Windows são totalmente reversíveis. Isso quer dizer que, se você não tem certeza se uma restauração resolveria o seu problema, você pode experimentar realizar uma. Se a restauração não der certo, você pode desfazê-la.

Acesse as configurações da Proteção do sistema conforme explicado anteriormente. Ao clicar em Restauração do sistema, você encontrará uma nova opção.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Marque a opção Desfazer Restauração do Sistema e clique em Avançar. A janela de confirmação será exibida. Confira o resumo da operação, clique em Concluir e depois em Sim.

O computador será reiniciado ao término da operação.

Restaurando o sistema quando não se pode entrar no Windows

Algumas vezes o computador pode estar passando por um problema tão sério que não conseguimos nem mesmo entrar no Windows para poder efetuar a restauração. Se você está passando por isso, é bom que você tenha em mãos a mídia de instalação do Windows ou ao menos a mídia de recuperação, pois você precisará de uma delas.

Insira a mídia de instalação ou de recuperação no computador e inicialize-o a partir dela. Caso você tenha utilizado a mídia de instalação, clique em Reparar o computador na tela inicial da instalação do Windows.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

O Ambiente de recuperação do Windows abrirá. Embora ele seja diferente no Windows 8, funciona exatamente como no Windows 7.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

No Windows 7, basta clicar em Restauração do sistema. No Windows 8 será necessário clicar em Solução de problemas e depois em Opções avançadas para somente então clicar em Restauração do sistema. Não confundir com a opção “Restaurar o PC“, pois são opções diferentes.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

O sistema então detectará a sua instalação do Windows (se isso não acontecer é porque o problema é muito mais sério e não será possível efetuar a restauração do sistema). Caso haja mais de um Windows instalado no seu computador, selecione a instalação a ser reparada.

A janela de restauração do sistema se abrirá.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Siga os passos necessários para restaurar o sistema, conforme explicado anteriormente. Apenas atente para o fato de que ao restaurar o sistema dessa maneira não será possível desfazer a restauração. Portanto certifique-se de que selecionou o ponto de restauração correto.

Clique em Concluir e aguarde o término da operação.

Configurando a Restauração do sistema

Apesar das configurações padrão da Restauração do sistema serem suficientes para a maioria dos usuários, você poderá personalizá-las e adaptá-las às suas necessidades.

Acesse as configurações da Proteção do sistema. Feito isso, clique no botão Configurar.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Uma nova caixa de diálogo se abrirá. Nela você poderá ativar ou desativar a restauração do sistema e poderá gerenciar a quantidade de espaço em disco utilizada pelos pontos de restauração.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Para desativar a restauração do sistema, marque Desativar a proteção do sistema. Ainda que isso não seja recomendável, pois você não poderá contar com a restauração do sistema para solucionar problemas do computador, pode ser necessário em casos extremos de falta de espaço em disco.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Caso você não queira desativar a Restauração do sistema, você poderá controlar o uso de espaço pelo recurso. Basta mover o controle deslizante para selecionar a quantidade a ser usada, que é exibida em porcentagem. Ao deixá-lo no ajuste mínimo você economiza espaço em disco, mas só terá acesso aos pontos de restauração mais recentes. Já no ajuste máximo você terá acesso a pontos de restauração realizados há muito mais tempo, mas comprometerá uma boa parte do espaço em disco com isso. Cabe a você encontrar o ponto de equilíbrio entre as vantagens e desvantagens de se utilizar menos ou mais espaço em disco.

Restauração do sistema: tudo o que você precisa saber

Por fim, há o botão Excluir, que elimina todos os pontos de restauração já realizados. Essa opção é muito útil principalmente no caso de algum vírus infectar a pasta System Volume Information, que armazena os pontos de restauração (ou se um ponto de restauração foi criado na presença de um vírus no sistema).

Considerações finais

A Restauração do sistema é um recurso extremamente importante, que já está presente no Windows há várias versões. Saber utilizá-la com eficiência certamente lhe poupará de dores de cabeça e até mesmo de reinstalações do Windows quando algum problema ocorrer no computador.

Fonte: http://www.baboo.com.br/tutorial/restauracao-do-sistema/#ixzz2TJE8Uek0

 

avatar_wordpress_arredondado

http://fabianoflorentino.com

Anúncios

Publicado em 14 de maio de 2013, em Baboo e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Um comentário começa grandes debates!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: