Entretenimento no Linux



Autor: flavio ferreira hespanhol <fhespanhol09 at gmail.com>

Rodar Blu-Ray

Utilizo Ubuntu no meu computador e para produção e trabalho ele é ótimo, mas peca quando o assunto é entretenimento, apresentando algumas falhas como por exemplo não possuir um programa de redes sociais como o messenger Plus ou não dar suporte a Blu-Ray de forma direta. Sendo assim escreverei este artigo tentando ajudar quem quer utilizar o Ubuntu como central multimídia.
Afinal a Microsoft percebeu este filão e apesar de o Windows Seven ter visual similar ao do KDE e funcionalidades baseadas no Debian, continuará sendo utilizado pela maioria das pessoas, pois as mesmas não são experts em informática, só querem utilizar o computador para se divertirem.

Rodar Blu-Ray

É possível rodar Blu-Ray no Ubuntu Linux através do Mplayer, porém você terá uma perda de 75% da qualidade da imagem, que será exibida como uma imagem de DVD comum.
Mas para quem quiser experimentar, o comando para assistir o Blu-Ray é este:
$ mplayer -vc ffvc1 /media/KING_KONG/HVDVD_TS/FEATURE*EVO
Onde o nome King Kong refere-se ao nome do filme. Para decriptar um Blu-Ray, utilize o seguinte comando:
$ sudo ./dumphd.sh
O Dumphd é um programinha que, assim como o dvdcss, quebra a proteção do Blu-Ray. Observe que um disco de Blu-Ray tem em média 30Gb de informação, de modo que pelo menos o dobro disto deve estar disponível em seu HD para executá-lo e dependendo da configuração do seu hardware, o processo pode ser demorado.
Então recapitulemos:
1. Baixe o programinha Dumphd em: http://www.videohelp.com/tools/DumpHD#download
2. Coloque o disco no drive;

Linux: Entretenimento no Linux:

3. Decripte usando o Dumphd.sh com o comando: sudo ./dumphd.sh

Linux: Entretenimento no Linux:

4. Inicie o mplayer para ver o filme. Observe que o Ubuntu colocou o filme no arquivo tmp, então você terá que abri-lo através dele usando o comando: mplayer -vc ffvc1 “/tmp/King Kong/HVDVD_TS/FEATURE*EVO
Onde mplayer é o nome do programa, vc ffvcl é o codec utilizado para abrir o formato, tmp o local onde foi jogada a imagem do filme decriptada, e King Kong o nome do filme. O resultado é o visto a seguir:

Linux: Entretenimento no Linux:

Programas de redes sociais

Outro gargalo do Linux, as redes sociais. O padrão é o MSN e seu complemento o MSN Plus, que é utilizado em 90% das comunicações.
Utilizei o Gaim, Mercury, emesene, Galaxy, PidGin, Kopete, serviços online como o www.meebo.com e o Amsn.
De todos o que se mostrou mais compatível com os recursos do MSN e com plugins bem legais foi o Amsn, que pode até incorporar alguns recursos do MSN Plus como a mensagem de áudio que pode ser ativada usando o plugin adequado e suporte aos emoticons personalizados.
Para instalar o Amsn abra a Central de programas do Ubuntu e na área de busca digite “amsn”, ele irá aparecer, marque-o para instalação e pronto. Para abrir o programa clique no botão Iniciar > Internet > amsn, seu ícone é bem semelhante ao do MSN.
Ao abrir o programa você se depara com uma tela solicitando a escolha do idioma escolha o seu e depois clique em entrar. O amsn pedirá para que você reinicie o programa para aplicar as mudanças, faça isto e ao reabrir o programa o mesmo já estará em português.

Linux: Entretenimento no Linux:

O funcionamento do programa é igual ao do MSN e ao se logar inclusive seu Avatar será apresentado. Daí é só clicar em um contato e iniciar a conversa. Para salvar um emoticon personalizado que alguém lhe envia é só clicar em cima dele. A mensagem “Salvar este emoticon na lista” irá aparecer. Confirme e pronto, daí é só começar a usá-lo.

Linux: Entretenimento no Linux:

Para aplicar efeitos sonoros você pode usar o microfone diretamente ou usar o plugin Music, que pode ser adicionado através do menu ações.

Linux: Entretenimento no Linux:

Jogando e ouvindo música

Jogando:
Para jogar você tem várias opções, que vão desde jogos online de excelente qualidade como Quake, a jogos da central de jogos do Ubuntu e emuladores dos principais consoles. Para baixar jogos de excelente qualidade para Ubuntu acesse o seguinte site, é tudo gratuito:

Outra solução é instalar o Wine, que é um programa que permite rodar programas do Windows dentro do Ubuntu e rodar os jogos através dele. Porém como nosso objetivo é não usar programas piratas, não aconselho fazer isto.
Ouvindo música:
A música é um problema fácil de resolver. Temos uma lista de rádios online que podem ser acessadas e até sites que disponibilizam CDs completos gratuitamente para serem ouvidos.
Os links que ao meu ver funcionam melhor são:

O problema do áudio em geral é que enquanto o vídeo está entrando na era do 3D e com altíssimas definições de imagem, ele estagnou em um único formato. Desde 1980 que as músicas são distribuídas em CD e não houve nenhuma evolução. As gravadoras reclamam da pirataria e das baixas vendagens, mas também não procuram melhorar os serviços oferecidos. Se as músicas fossem gravadas em alta definição em DVDs ou Blu-Rays, garanto que todo mundo iria comprar os discos. Quem entende de música sabe do que estou falando. Pegue uma música em MP3 e a mesma música em CD e ouça, a diferença é gritante. Você ouve tudo, desde as vozes de apoio aos instrumentos de fundo. Agora imagine isto em um disco com maior capacidade que permita gravar com qualidade maior? Será uma experiência bem melhor. Mas como isto ainda não existe, temos de nos contentar com o áudio chinfrim que temos.

Codecs e DVDs

Codecs:
É claro que para usufruir disto tudo você vai precisar ter os codecs adequados que irão permitir a decodificação de todos os formatos de áudio e vídeo existentes para você. Para instalar tudo que você precisa para rodar áudio e vídeo no Ubuntu, clique em Sistema / Administração / Gerenciador de pacotes Synaptic e na área de busca digite “restricted-extras”, na lista de opções que será apresentada, clique duplo em “Ubuntu Restricted-extras” e mande aplicar. Pronto, com isto você pode reproduzir praticamente todos os formatos de mídia existentes no Ubuntu.
Para rodar DVDs:
Para rodar DVDs de locadora o ideal é usar o player Gxine, que também pode ser baixado através do gerenciador Synaptic e instalar também o programinha que quebra a proteção do disco. Para instalar este programinha abra o terminal e digite:
$ sudo /usr/share/doc/libdvdread4/install-css.sh
Agora sempre que você colocar um DVD de locadora no drive o mesmo será reconhecido automaticamente. Para rodá-lo clique no botão Iniciar / Multimídia / Gxine e com o player Gxine aberto clique no botão DVD e o filme iniciará automaticamente.
Bem, espero ter ajudado. Pois enquanto no Windows Seven basta colocarmos um disco no drive e o mesmo é executado automaticamente, no Linux temos de usar uma infinidade de comandos. Com este passo-a-passo procurei minimizar isto e facilitar a vida do usuário final, que não é perito em informática e que só quer um computador para diversão.


Fonte:

Anúncios

Publicado em 31 de agosto de 2011, em Vivaolinux e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Um comentário começa grandes debates!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: